Sexta-feira, 24 de Fevereiro de 2006

Espelho(s)

“Porque é que as pessoas têm de saber isso?” – foi a interrogação que me colocaram, quando expressei a intenção de colocar este post.


Porque é que as pessoas têm de saber isto? Porque é que querem saber isto? (se é que querem…). Não sei! Provavelmente não querem nem necessitam de sabê-lo. Mas eu necessito de dizê-lo. Eu gosto de falar sobre tudo e sobre nada. Mas quase toda a gente está demasiado ocupada para ouvir falar sobre banalidades. Eu vou deixando os meus pedaços por aqui. Caso alguém queira juntá-los e ir construindo algo….


Bom, eu queria falar sobre imagens. Sobre o que vejo nos outros e encontro (ou não) em mim.


Inicialmente, queria dizer que não tenho paciência para me levantar uma hora mais cedo para esticar o meu cabelo; passar base na cara; pôr rímel nas pestanas; sombra nos olhos; gloss nos lábios; escolher a bijutaria adequada à ocasião, que condiga com os sapatos, a mala, os jeans, a camisola, a cor dos olhos, o estado do tempo, … Serei menos mulher por isso? Adoro vestir calças de fato de treino, sapatilhas … Serei normal? Tenho que pensar no que os outros pensam para eu pensar na minha forma de vestir?
A minha roupa traduz o que eu sou? Aparentemente sim. Para muitas pessoas sim. Para outras, felizmente, não.

Pode parecer que sou anti-moda, anti-look (essa grande banda das também grandes modelos – não resisti a recordar este bonito grupo musical) mas não é isso. Só não acho que deva determinar assim tanto quem somos. Sou sofisticada porque tenho uma botinha de bico? Sou bonita porque tenho um bolero curtinho? Sou in porque uso botas de cowboy? Sou desejável porque deixei de comer durante meses a fio ou porque vomito o que como?
Um parêntesis: há por aí raparigas fisicamente muito bonitas, muito bem vestidas e também muito bonitas por dentro! Não são muitas, mas existem. Por isso, o que eu critico não é que as pessoas se cuidem mas sim a ideia que nos vendem constantemente de que a mulher tem de estar sempre linda, maravilhosa, magra, super bem vestida (ou pouco vestida), de cabelo impecável, com uma pele sedosa, ou seja, sem qualquer imperfeição! A VIDA REAL não é assim! Toda a gente tem aquela borbulha chata (mesmo no dia em que não é, de todo, conveniente), toda a gente acorda desgrenhada. Ninguém precisa de estar sempre impecável. Isso não quer dizer que deixemos de cuidar de nós. Mas, invariavelmente, ligamos a TV e a menina do duche aparece … de corpo perfeito, sorriso intocável, a felicidade estampada no rosto. Na revista, aparece outra, sentada num qualquer lençol de cetim, com um ar luxurioso, …


Não sei. Acho que a MULHER deve ter cuidado consigo. Gostar de si. Mesmo que o seu corpo não corresponda ao modelo de beleza socialmente imposto. Mesmo se os homens não babam quando passa … Gostar de si. Por fora. Por dentro. Essencialmente por dentro.


Como bem disse Gabriel, o Pensador:


“Existem mulheres que são uma beleza
Mas quando abrem a boca … que tristeza
Não, não é o seu hábito que apodrece o ar
O problema é o que elas falam que não dá pra aguentar
Nada na cabeça, personalidade fraca
Tem a feminilidade e sensualidade de uma vaca
Produzidas pela roupinha da estação
Que viram no anúncio da televisão….”


Bom, agora vou talvez ler um livro, ouvir uma boa música, ver um bom filme. Vou talvez gozar estas breves réstias de sol. Não vou fazer uma máscara de esfoliação nem um super hiper tratamento hidratante para a pele. Paciência. Fica para a próxima!
posted by mrafiki às 15:58
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De ? a 25 de Fevereiro de 2006 às 01:09
Tás a ser optimista, nunca conseguirias esticar o teu cabelo em apenas um hora.:-)) Agora a sério, as "regras dizem" que as mulheres têm que ter uma pele perfeita, andar na moda (o que é a moda?!) magras, acordar perfeitas com o cabelo no siti, em uma unha partida e acima de tudo em salto alto. E claro comer, e depois vomitar tudo, isso é que ser bonita!! Isso é uma estupidez das grandes. As curvas de uma mulher são...a estrada para a perdição!!!
Pois bem, eu acho que as "regras" são feitas para se quebrar!!! Quem nunca teve Aquela borbolha no meio do nariz quando tinha um trabalho da escola para apresentar a tuda a turma ou uma saida à muito desejada?! Aconselho a ver o filme Shrek e como diria Pedro Barrôso:
"é tão dificil encontrar pessoas assim bonitas
é tão dificil encontar assim pessoas". raindroops
</a>
(mailto:)

Comentar post

.pedaços de mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Volenti non fit injuria

. De súbito….

. Natalices...

. Diferenças

. Egos...

. Neuras de domingo...

. The coming back

. Coimbra

. Porque há pessoas que nun...

. Portugal,Portugueses

.arquivos

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds